sexta-feira, 7 de abril de 2017

Base Nacional determina alfabetização até o segundo ano do ensino fundamental


A Base Nacional Comum Curricular (BNCC) define que a alfabetização das crianças deverá ocorrer até o segundo ano do ensino fundamental, com o objetivo de garantir o direito fundamental de aprender a ler e escrever. O documento que vai nortear a educação básica em todo o país foi entregue pelo ministro da Educação, Mendonça Filho, ao Conselho Nacional de Educação (CNE), nesta quinta-feira, 6, em Brasília.
"A gente está gerando mais equidade, mais oportunidades às crianças mais pobres do Brasil. A classe média, por exemplo, consegue ter a criança alfabetizada numa idade anterior à média das escolas públicas”, ressaltou o ministro. “À medida que geramos essas diretrizes pela fixação desse comando na BNCC, estamos assegurando o mesmo direito a todas as crianças. A boa alfabetização é a chave do sucesso para toda a vida educacional de crianças e jovens."
A secretária-executiva do MEC, Maria Helena Guimarães Castro, reforça que a Base não define novos conteúdos e, sim, as habilidades a serem desenvolvidas no processo de aprendizagem. “Pela BNCC, espera-se que o aluno aprenda nesses dois anos iniciais com quantas e quais letras se escreve uma palavra”, afirmou.
Atualmente, as crianças devem ser alfabetizadas até o terceiro ano do ensino fundamental. “Esse é o processo mais complexo: efetivamente passar a compreender que a escrita representa a fala”, explica a professora Zuleika de Felice Murrie, redatora de linguagens da BNCC. Segundo ela, a conclusão da alfabetização apenas no terceiro ano não tem dado certo e muitos estudantes chegam ao quarto ano sem o conhecimento necessário para seguir os estudos.
Habilidades – Por apresentar de maneira objetiva as habilidades que devem ser desenvolvidas no primeiro e no segundo ano, a BNCC dá condições para que os professores avaliem o nível de desenvolvimento dos alunos e definam estratégias adequadas de ensino.
Conforme o texto apresentado ao CNE, o aprendizado da escrita requer habilidades cognitivas e motoras, o que necessita prática, independente do meio utilizado – lápis, borracha e papel ou teclado do computador. Pelo documento, é considerado fundamental que o aluno faça diferenciação entre a escrita e outras formas gráficas de expressão, assim como é necessário o entendimento de que o princípio que regula a escrita é a correspondência entre letra e som.
“Nesses dois primeiros anos, a ideia é que se faça a consolidação [do conhecimento], porque hoje tem a pré-escola obrigatória e essas questões da escrita já começam a ser desenvolvidas na educação infantil. A criança já virá com uma bagagem maior do que vem hoje para o ensino fundamental”, observa Zuleika.
Competências - A BNCC estabelece conteúdos essenciais e competências que as crianças e adolescentes deverão desenvolver na educação básica. O documento atual trata exclusivamente da educação infantil e do ensino fundamental. As mudanças nas matrizes de referência do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) passam a valer a partir de 2019. Com a entrega da versão final, o CNE deve debater e elaborar parecer e projeto de resolução sobre a Base, que só entrará em vigor depois que a manifestação do conselho for homologada pelo Ministério da Educação.
Assessoria de Comunicação Social 


sexta-feira, 31 de março de 2017

Coordenadora Cecília Tavares realiza reunião do Programa Novo Mais Educação


Para dar início ao Novo Programa Mais Educação, aconteceu na tarde de quinta-feira (30/03), na Escola Municipal Francisco de Oliveira Melo, uma reunião com a Coordenadora do Programa Cecília Tavares, Socorro Fernandes Coordenadora Pedagógica, articuladores, supervisores, diretores, mediadores da aprendizagem e facilitadores.


A Coordenadora Cecília Tavares realizou a abertura da reunião. "O Novo Mais Educação contará com o apoio do Departamento Pedagógico da Secretaria de Educação e tem como objetivo o Reforço Pedagógico nas disciplinas de Português e Matemática, além de Esporte, Cultura e Artes".


O Programa funcionará a partir de abril, por um período de 8 meses e é direcionado aos alunos do Ensino fundamental, principalmente os que tem dificuldades de aprendizagem.


“Já trabalhamos com o Mais Educação em 2013-2015 e vimos um resultado muito bom nas escolas”, afirmou a coordenadora do Programa Cecília Tavares.

O Moreirinha: O seu Jornal mensal (2ª Edição Abril/2017)


 









O professor é responsável pela formação da cidadania e deve sempre buscar a melhor forma de repassar determinados conceitos aos seus alunos. Existem inúmeros materiais que podem ser usados com essa finalidade e o jornal é considerado como um deles, pois é extremamente positivo ao ser utilizado pelos educadores, porém de forma sábia, planejada e com objetivos a alcançar.

                                    Editor-chefe: 
         Equipe Gestora e Pedagógica da EMLMS


terça-feira, 28 de março de 2017

História de Alto do Rodrigues-RN (Benjaguar )






Acesse o link abaixo e baixe o aplicativo  para  ler o livro na íntegra:



Parabéns Alto do Rodrigues!!!


Alto apaixonado por ti

Molhada és tu, pelas águas do Rio Açu,
O teu nascer do sol na sua várzea tão linda.
Ao findar a tarde, tens um pôr-do-sol que muitos não viu ainda.

Mãe de poucos, mas adotiva de muitos e, não te esquece, mesmo em terra tão distante.

Filhos valentes... Sobreviventes de uma época que suas terras eram "donzelas", de tempos que não volta mais, pois cortaram as "favelas".

Em cada esquina de tuas ruas há  sempre  a magia de uma criança feliz. E no largo da cerâmica, vês nascer novos amores.

Encanto e inspiração nas melodias e poesias do Jhonny Kasanova. Alto do Rodrigues tão linda e mais nova do que o Velho Casarão.

Alto apaixonado, te declaro nos meus versos tão singelos, o meu amor por ti. O meu amor por ti...
               
                   (Macimina Baracho)

sábado, 25 de março de 2017

Endrinho: Vivendo e Aprendendo



Um dia você aprende que a vida é feita de escolhas. Em algumas delas você ganha, em outras, você perde, mas em todas você aprende. Aprende que a cada escolha existe um novo caminho, novos sorrisos, novos amigos, novos amores e até mesmo novas tristezas.
Um dia você aprende que deve gostar de uma cidade que simplesmente nasceu, mas que por meio de pessoas amigas desse lugar, aprende a querer  bem  dessa terra. Aprende que os melhores brinquedos são aqueles usados e que os donos desses brinquedos já não querem mais. Aprende que a cada escolha há uma perda, e que por menor que ela seja, dói.

Aprende que com essas escolhas, podemos deixar triste a pessoa que mais queremos feliz. Aprende que a cada caminho seguido, coisas ficam para trás, só nunca sabemos que coisas são essas. Aprende que o desejo de possuir ou ter sua primeira bicicleta pode durar  dezesseis anos e se contentar com um velocípede velho com roda emprovisada de volante de carro. 

Aprende que um balde de tinta na cabeça de uma criança  pode ser perigoso. Aprende que sua primeira professora não é tão velha assim hoje. Aprende que a namorada de infância era tão linda  como as princesas de conto de fadas. Aprende que seu primeiro beijo pode não ser tão bom assim... E que o beijo seguinte pode ser apaixonante.

Aprende que farinha com pão pode ser sim um apetitoso café da manhã. Aprende que o filho mais novo comi um pão e o mais velho comi dois ou três pães. Aprende que mãe e pai analfabetos podem ser mais educados que alguns professores e educadores. Aprende que deixamos amigos de infância para fazer outros amigos em outro lugar. 

Aprende que banheiro de tábuas não é bom mais é necessário. Aprende que o menino aprende a ser homem e a menina a ser mulher. Aprende que o calos nas mãos provocado pela enxada com sol a pino pode ser a caneta de faculdade  no dia seguinte. Aprende que para sobreviver não basta ter só um emprego. Aprende que ao ensinar alguém hoje pode ser seu sustento de amanhã. Aprende que sua profissão ou cargo não  lhe dar poder e sim estabilidade. 

Aprende que a simplicidade e a honestidade devem andar juntas. Aprende que tudo que passei os meus filhos não precisam passar, mas que tem respeitar e valorizar o pouco que tem. Aprende que cada lágrima que cai significa o ressurgimento de um novo sorriso. E quando você aprender tudo isso, você aprende a viver e valorizar cada dia que o nosso Senhor Jesus Cristo nos dá...

                                           Endrison dos Santos

domingo, 19 de março de 2017

A votação para a escolha da Musa do Potiguar 2017 já iniciou!



A votação para eleger a Musa do Campeonato Potiguar 2017 começou nesta sexta-feira (17). 

O concurso promovido pela Federação Norte-rio-grandense de Futebol (FNF) está na sua quinta edição. Este ano o concurso terá oito musas representantes dos clubes participantes da primeira divisão do Campeonato Potiguar. 


As candidatas poderão ser votadas pelo público através do site oficial da FNF e a mais votada terá vaga direta na final do concurso. O nome da finalista por votação popular será divulgada na festa do Prêmio Craque Potiguar, após a final do Campeonato Potiguar 2017. Ela irá se juntar as outras duas finalistas escolhidas pelos jurados. As três finalistas serão avaliadas por um Juri Disciplinar.

A vencedora do concurso receberá uma premiação no valor de R$ 3 mil e o título de Musa do Futebol Potiguar 2017.

O link para a votação é http://fnf.org.br/musa

Conheça as candidatas de cada clube:






Ana Carolina da Silva Castilho
Não sou apenas musa, sou torcedora! Sou alvinegra por amor! Meu amor pelo Clube vem desde criança. Minha paixão e emoção de vê-lo em campo sempre foi maior que qualquer obstáculo! Tenho muito orgulho de representá-lo e de ser a Musa do Mais Querido em 2017.

ABC







Karla Lorenna Cruz Andrade
Representar o Alecrim é uma enorme satisfação, além de um valioso aprendizado, pois se trata de um clube super tradicional, unido e com muita garra. O lema do Alecrim é do "time mais simpático do RN", então acho que posso representar bem o meu clube. Agradeço ao clube por me proporcionar este momento único.

Alecrim







Jéssica Tainá Amaro de Souza
Antes de tudo sou americana, dentro de uma família de americanos. Então, poder representar o meu time como musa é muito gratificante. Sou muito feliz em representar o orgulho do RN.

América






Aline Dayenne Bernardo de Menezes
É com enorme prazer que visto a camisa do meu Clube e que represento meu time ASSU e minha cidade. É por amor sim! Afinal, foi aqui que nasci,cresci e estou até hoje. Não basta ser musa,tem que torcer, chorar e amar.

Assu






Anny Karolyne de Araújo Carneiro
É com grande honra que estou vestindo este manto sagrado e representar com muito orgulho a nação Tricolor, a maior do interior.

Baraúnas






Karolayne Silva de Oliveira
A 5 anos o globo F.C. foi fundado e fui contagiada pelo clima de torcedora, que envolveu todos através de uma corrente de alegria e amor, de ter uma equipe em nossa cidade com muita força e vencedor. Tenho muito orgulho em ser torcedora do tricolor, de vibrar a cada gol, um sentimento inexplicável de alegria a cada vitória. Voa minha águia!

Globo







Waleska Rachelly Fernandes Candido
Meu coração sempre foi vermelho e branco, sou apaixonada pelo meu clube e o titulo de musa do Potiguar tem um gostinho mais que especial, afinal, onde tem amor, dificilmente as chances são de dar errado. É um sentimento forte, único e verdadeiro em representar esse time tão lindo ''Potiguar''.

Potiguar




             


Vanessa Cardoso Ribeiro
Primeiramente queria agradecer ao Santa Cruz de Natal por ter me escolhido como Musa do clube. Nossa fé nos dá força para ir em frente onde os outros param, porque vestir a camisa do Santa me transborda de felicidade e amor. Aqui nada se explica, mas tudo se comprova. Vamos Santa!