sábado, 20 de agosto de 2016

"Atores Implícitos" (Pessoal de Apoio) da Escola Municipal Luiz Moreira da Silva: Invisíveis que Alicerçam o Processo de Ensino-Aprendizagem


O termo “atores implícitos” é utilizado para simbolizar o Pessoal de Apoio tais como: coordenadora da merenda, merendeiras, porteiras, serventes de limpeza, vigilantes, auxiliar administrativo etc. Essas pessoas, esquecidas pelos divulgadores dos resultados escolares, essas que não recebem nenhum mérito pelas vitórias da educação, são de grande importância para que a magia do ensinar e do aprender aconteça.

É importante ressaltar que a educação não se define pela transmissão (professor) e recepção de conteúdos (aluno), mas sim por diversos fatores que influenciam direta ou indiretamente a sua efetivação.

Para que possamos desenvolver uma boa aula é preciso contar com condições de trabalho que não são somente os materiais pedagógicos.

Os alunos, para que se concretize uma aprendizagem significativa, não necessitam apenas de infraestrutura e professores capacitados. A equipe diretiva e administrativa não necessita apenas de professores e alunos para conduzir as atividades escolares corriqueiras.

Existem fatores implícitos que ocorrem diariamente no âmbito escolar que tornam-nas atribuições escolares possíveis de se efetivarem.

Todos os dias (letivos), ao adentrarem no espaço escolar, os atores explícitos da educação deparam-se com um ambiente higienizado, organizado e pronto para sediar as atividades pedagógicas.



As salas exibem carteiras devidamente distribuídas, limpas e higienizadas, o pátio apresenta-se limpo e espaçoso, as galerias limpas e higienizada, diretoria e secretaria mostram-se com ares de zelo, os banheiros estão prontos para o uso, e, ao longe, sente-se o cheiro da merenda que já começa a ser preparada, pois logo mais será servida para manter o corpo sustentado e alerta às atividades posteriores.

Não há possibilidade de se realizar aulas num ambiente sujo e maltratado. Se todas as vezes que os professores chegassem à sala de aula tivessem que zelar o espaço para, só após, iniciarem as aulas, não existiria tempo apropriado para as atividades pedagógicas. 

Portanto, Fica claro, que se aluno fracassa, a escola inteira fracassa, também. Não existe escola sem clientela (alunos), pois a ela é oferecido o produto final dessa empresa de formação: a aprendizagem.


Certo de que o processo de ensino-aprendizagem só se concretiza com a colaboração de todos os componentes da escola, sejam eles explícitos ou implícitos, trago essa reflexão a fim de abordar a importância do Pessoal de Apoio das escolas como alicerce que sustenta todo o processo de ensino com ações primordiais de suporte e preparo de todo o ambiente onde, posteriormente, acontecerá a magia do aprender.

Não só na higienização e organização do espaço escolar, mas também na preservação deste patrimônio e na promoção da segurança e do controle de entrada e saída no ambiente escolar.




Todos somos importantes e necessários à educação, juntos a formamos, a organizamos. Ninguém é mais ou menos importante no cenário educacional, todos desempenham papéis fundamentais na sua promoção.

Sem essa união, reconhecimento e valorização dos profissionais implícitos da educação, seremos levados inevitavelmente, ao fracasso.

"A educação é um corpo gigante composto de pequenas partículas indispensáveis para si”.                                                                                                                                        (Robison Sá)



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo Confidencial com o Professor e Escritor Endrison dos Santos

    O professor e agora de fato escritor foi surpreendido com um arquivo confidencial pelas amigas e familiares! O escritor comentou ao noss...