sexta-feira, 8 de junho de 2018

Poeta Antônio Francisco participa da literarte: cultura e tradição da Escola Municipal Francisco de Oliveira Melo


"A poesia de Antônio Francisco tem o incrível poder de encantar e fascinar a todos que dela tomam conhecimento. Encanta na medida que nos transporta para o mundo imaginário que o autor cria para situar a sua história; fascina pela beleza de suas personagens, pela leveza dos seus versos e por sua imaginação fértil".

Trechos de alguns poemas

O GUARDA-CHUVA DE PRATA


Quem deu força à correnteza,
Botou o verde na mata,
Dê força à minha garganta
Como deu voz à cascata
Pra eu contar a história
Do guarda-chuva de prata.
(...)

AS SEIS MOEDAS DE OURO

Seu Zequinha era um galego
Do rosto da cor de brasa,
Morava longe da gente,
No Sítio Cacimba Rasa,
Mas, foi não foi, Seu Zequinha
Passava o dia lá em casa.
(...)

A OITAVA MARAVILHA

Como na antiga Grécia,
O Nordeste também tinha
Os seus deuses mitológicos –
Deus da chuva, deus da vinha,
Do verão, da primavera,
Mas, o mais famoso era
Cafuné – deus da morrinha.
(...)

A ARCA DE NOÉ

Todo mundo ouviu falar
No dilúvio universal
Da arca que Noé fez
E colocou um casal
De todo bicho que tinha
Dentro do reino animal.
(...)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo Confidencial com o Professor e Escritor Endrison dos Santos

    O professor e agora de fato escritor foi surpreendido com um arquivo confidencial pelas amigas e familiares! O escritor comentou ao noss...