terça-feira, 23 de outubro de 2018

Equipe do MOREIRINHA da Escola Municipal Luiz Moreira da Silva/Alto do Rodrigues-RN visita o Museu Solar Ferreiro Torto em Macaiba


Neste sábado (20/10), o Museu Solar Ferreiro Torto em Macaíba-RN, recebeu a visita dos atletas da Equipe Moreirinha, "Os pequeninos são gigantes" da Escola Municipal Luiz Moreira da Silva, situada no município de Alto do Rodrigues, na região do Vale do Assú.


Os atletas e comissão técnica participaram de uma aula de campo no local e no seu entorno, onde teve também a oportunidade de conhecer parte da flora e fauna que integram o local, que é cercado por manguezais e resquícios de Mata Atlântica. O guia Francisco Canindé foi muito receptível e dinâmico com uma linguagem simples que prendeu a atenção dos atletas e comissão.


"Um lugar rico em cultura que traz consigo a conservação e resgate de nossa história. Os atletas ficaram encantados com as lendas e história do nosso RN. Agradecemos ao Cláudio administrador da Vila Olímpica por nos dar a oportunidade de visitar um lugar tão bem conservado e pela excelente aula de história do Guia Canindé". Relatou o técnico e diretor da escola.


Para os interessados em conhecer um dos mais belos prédios históricos do RN, ele fica aberto para visitação das 8h às 16h, de terça a sexta e, sábado e domingo, das 9h às 15h. Para agendar uma visita ao local, basta ligar para o número 3271-6524 ou para a Secretaria Municipal de Cultura e Turismo pelo número 3271-6562.


O museu Solar Ferreiro Torto está localizado nas proximidades do Rio Jundiaí. Antigamente, era a sede do Engenho do Ferreiro Torto. O prédio foi edificado no século XVII, recebendo então a denominação de Engenho Potengi, constituindo-se no segundo engenho de cana-de-açúcar do Rio Grande do Norte.


O local foi cenário de inúmeras batalhas envolvendo colonos holandeses, portugueses, índios e escravos africanos. O prédio chegou a ser praticamente destruído. Somente no Século XIX, em 1845, foi reformado e recebeu a atual denominação de Solar do Ferreiro Torto, servindo como moradia para muitas famílias nobres da cidade.


Hoje, o local recebe visitas frequentes de pesquisadores de História e de Ciências Biológicas, grupos de estudantes, famílias e turistas em geral oriundos de várias partes do Estado, do país e do mundo. O Solar Ferreiro Torto é cercado por um trecho preservado de Mata Atlântica, vegetação típica da área litorânea do Brasil. Ao seu redor, existem diversas trilhas ecológicas que o visitante pode aproveitar, além de apreciar a vista do Rio Jundiaí. Portanto, o espaço é ideal para quem gosta de História e Meio Ambiente.


Nenhum comentário:

Postar um comentário