domingo, 25 de novembro de 2018

O "político mal pastor" e o "político lobo"


Para os políticos mentirosos, a mentira é uma forma de sobrevivência no deserto...

Um "político mal pastor", encarregado de tomar conta de um "rebanho de ovelhas" (população) de uma cidade do Vale do Assú, por várias vezes, faz com que os mais carentes venham correndo para a prefeitura ("local do pasto"), sempre motivados pela "vantagem" compra de votos futuros: "Aluguel! Vale gás! Passagem! R$ 50,00!"

E quando a população carente chega no "local do pasto" (prefeitura) imaginando que o "político mal pastor" estava ali sempre para ajudar sem nenhum interesse próprio, mas lá está o demagogo sempre a zombar das dificuldades dos munícipes mais necessitados. Alguns chegam até prometer "água mineral" nas torneiras da população. Um verdadeiro "político utópico" que ao invés de água mineral, o que jorra é muita lama nos esgotos a céu abertos das nossas ruas esburacadas.

O "político lobo", entretanto, se aproveitando de tantas humilhações, de fato se aproxima do povo carente. Então, o "político mal pastor", em época de campanha política, tomado pelo medo de perder a verdadeira "mamada nas ovelhas". Em seu discurso promete o céu e a terra:  - Preciso do apoio de vocês "ovelhinhas", vamos continuar fazendo sempre o melhor para nossa querida cidade. Mas o "político lobo" consegue atrair quase todo o rebanho com as falsas promessas do "político mal pastor".

Hoje em dia, quase ninguém acredita em um "político mal pastor" mentiroso, mesmo quando ele se dispõe a falar a verdade...

"Político lobo" sem palavra... é um político sem honra...

Na Bíblia no livro de João, capítulo 10, Jesus Cristo conta a conhecidíssima parábola do Bom Pastor, a qual diz que as ovelhas sempre seguirão a voz de seu pastor em vez de seguirem o comando de estranhos, sob o risco de serem mortas por seus predadores. Nessa parábola, alerta-se sobre o papel da liderança nas nossas vidas, lembrando-nos que um pastor não pode ser autoritário, senão as ovelhas pastoreadas não responderão mais aos seus comandos.

O trecho bíblico, aplicado à realidade política atual, vem muito a calhar no que concerne à política no VALE DO ASSÚ. Os políticos e seus partidos, sempre se colocam à frente como "Salvador das virtudes humanas", que com uma boa "maquiagem" ou "curral eleitoral" acaba por atrair muitas pessoas para ser seus seguidores. O discuso demagogo, prometendo acabar com todos os problemas da cidade, acaba por transformar candidatos políticos nos “Bons Pastores” que conduzirão as ovelhas – no caso a população – para um caminho onde terão todos os confortos e empregos.

A situação atual exige muitos cuidados com os lobos travestidos de bons pastores. Vejamos as cidades do Vale do Assú: são mostras suficientes de que os políticos são, na verdade, destruídores - "vândalos" - do patrimônio público. A população deve evitar políticos que já mostraram que querem transformar a nossa cidade em um bem pessoal, evitando, assim, que caiam nas falsas promessas dessas pessoas de moral duvidosa e corruptos que querem deixar para todos nós um caminho de servidão.

Endrison dos Santos 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo Confidencial com o Professor e Escritor Endrison dos Santos

    O professor e agora de fato escritor foi surpreendido com um arquivo confidencial pelas amigas e familiares! O escritor comentou ao noss...