terça-feira, 2 de agosto de 2016

Novos atentados aconteceram em Natal, Macaíba e em cidades do interior.


Desde sexta-feira (29), já foram registrados 74 ataques no estado.

O Rio Grande do Norte já passa pela quarta noite seguida de ataques criminosos. Entre a noite de segunda (1º) e a manhã desta terça (2), novos atentados aconteceram em Natal e região metropolitana, além de cidades do interior. A instalação de bloqueadores de celular na Penitenciária de Parnamirim é apontada pelo governo como motivo dos ataques. Desde sexta (29), já foram registrados 74 atentados no estado.

Em Macaíba, na Grande Natal, um carro foi incendiado em uma estrada carroçável. A polícia ainda não sabe se o caso tem ligação com os recentes atentados. Na capital potiguar, criminosos pularam o muro de um depósito da Secretaria Estadual de Saúde (Sesap), localizado na Av. Capitão Mor Gouveia, no Bom Pastor, e incendiaram quatro carros que iriam para leilão. 

Os bombeiros conseguiram apagar o fogo. Na fuga, os bandidos trocaram tiros com os vigilantes do depósito. Já no bairro do Planalto, dois homens foram presos com um coquetel molotov. Segundo a polícia,a dupla iria atacar a base da PM do bairro. Com isso, chega a 67 o número de presos suspeitos de envolvimento com os ataques que vêm acontecendo no estado.

Em Lagoa Nova, no Seridó potiguar, o alvo foi a garagem da prefeitura. O fogo atingiu uma retroescavadeira e outro veículo.

Em Pendências, um ônibus escolar estacionado no pátio da Secretaria de Educação foi incendiado.

A delegacia da cidade de Jardim do Seridó também foi alvo dos ataques. Os criminosos incendiaram veículos estacionados no pátio, mas o fogo também atingiu o prédio. Em Tenente Laurentino Cruz, bandidos tentaram incendiar a prefeitura.

Nenhum comentário:

Postar um comentário