sábado, 28 de março de 2015

Macimina Baracho, parabeniza a cidade de Alto do Rodrigues pelos seus 52 anos com o Poema Quem sou eu? Alto do Rodrigues-RN.


Quem sou Eu? Não sei. Sou o que sente, sou aquele que sofre, sou aquele que chora, sou aquele que se alegra, sou aquele que sorrir, criança quando posso, sou adulto porque me exigem, sou homem do ouro negro, sou pensamento, sou razão. Afinal quem sou Eu? Não sei. Sou o amor, mas ódio não sou, sou aquele que tem fome de crescimento, aquele que tem sede de viver, aquele que tem vontade a todo tempo de amar. Afinal quem sou Eu? Talvez aquele que muitos queriam Ser, por causa do meu poder, mas vivo em um novo tempo e no meu futuro eis de crescer...
                         
Macimina Baracho: Poema Quem sou eu? Alto do Rodrigues-RN.



Hino do município de Alto do Rodrigues
Letra por João M. de Vasconcelos
Melodia por Cristóvam Dantas

O velho casarão, no alto edificado
é o marco que te viu surgir,
Alto do Rodrigues querido e amado,
no passado, no presente e no porvir.

Hoje cidade e município futuroso,
o ouro negro que brota do teu solo,
deste vale fértil e grandioso
és destinado a seres grande pólo.

Salve a data maior da tua história,
28 de março que traduz
dos teus filhos o anseio e a glória
de cidade que o progresso conduz.

O teu solo, os teus campos e rios,
formam no todo um alto de pujança,
as tradições do teu povo e os brios,
bendizemos com amor e confiança.

Com as bênçãos da Santa do Rosário,
nossa querida e divina padroeira,
sob o céu sempre azul visionário,
ao vento, tremula nossa bandeira.




Alto do Rodrigues é um município no estado do Rio Grande do Norte (Brasil), localizado na microrregião do Vale do Açu. De acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), no ano 2010 sua população era estimada em 12.306 habitantes. Área territorial de 191 km².

O município emancipou-se de Pendências através da Lei nº 2.859, de 28 de março de 1963.

Limita-se com os municípios de Carnaubais (Oeste), Pendências (Norte e Leste), e Afonso Bezerra (Sul).

A sede do município está a 5° 17’ 18” de latitude sul e 36° 45’ 44” de longitude oeste. A altitude é de 13 m acima do nível do mar e a distância rodoviária até a capital é de 180 km.[5]

O nome Alto do Rodrigues é uma homenagem à família de Joaquim Rodrigues Ferreira - fundador da cidade -, que instalou no Alto, à época apenas uma localidade do município de Pendências e deram início ao povoamento da região. O fundador Joaquim era bisavô do atual Prefeito Abelardo Rodrigues, que cumpre seu mandado até o ano de 2016.

De acordo com o IDEMA, o solo da região é do tipo cambissolo eutrófico. Sua aptidão para a atividade agrícola é restrita para lavouras e apta para culturas de ciclo longo (algodão arbóreo, sisal, caju e coco). Pequena área de várzea, a oeste, com aptidão regular para lavouras e apta para culturas de ciclo curto. Pequena área ao norte indicada para preservação da flora e da fauna ou para recreação.
                                                    Macimina Baracho

quarta-feira, 25 de março de 2015

Brasil X França: Invictos desde a Copa - No seu processo de reconstrução! (Macimina Baracho)



Invictos desde a Copa - No seu processo de reconstrução, Dunga trocou quase dois terços da equipe. Dos 23 jogadores convocados para o duelo contra a França nesta quinta-feira, apenas oito são remanescentes da Copa.



Deschamps também precisou renovar seu grupo, mas manteve 13 atletas que disputaram o Mundial no Brasil. Na verdade, 16 foram convocados, mas o técnico perdeu de última hora Pogba, Cabaye e Lloris por lesão.

Mesmo tendo renovado seu contrato até 2018, o técnico da França prefere dar um passo de cada vez. "O objetivo mais importante é a Eurocopa, depois, veremos", explicou.



Os dois técnicos estão invictos desde a Copa. O retrospecto de Dunga é melhor: 100% de aproveitamento, com seis vitórias em seis jogos, 14 gols marcados e apenas um sofrido.

No mesmo período, a França de Deschamps venceu quatro jogos e empatou dois, com triunfos expressivos sobre Espanha (1-0) e Portugal (2-1), nove gols marcados e três sofridos.                                   (Macimina Baracho)

Entidades de ensino reclamam que o governo federal atrasou envio de verbas para o programa de escolas em tempo integral, o Mais Educação.


Entidades de ensino reclamam que o governo federal atrasou envio de verbas para o programa de escolas em tempo integral, o Mais Educação. O programa do MEC (Ministério da Educação), que custeia a jornada de tempo integral em escolas municipais e estaduais de todo o País, estaria atrasado em pelo menos duas parcelas - a última de 2014 e a primeira de 2015. O MEC afirmou que não houve atrasos e que o prazo para os pagamentos termina no fim de abril.
"Recebemos reclamações de alguns municípios. Estamos levantando onde estão os casos. Houve atraso no início do ano", disse a presidente da Undime (União dos Dirigentes Municipais de Educação), Cleuza Repulho.
De acordo com a CNM (Confederação Nacional dos Municípios), o FNDE (Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação) atrasou os recursos pela primeira vez desde a criação do programa.
As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

segunda-feira, 23 de março de 2015

Sobre Direção do Professor de Teatro Melquisimiel, começa os ensaios da peça: "O Pequeno Príncipe" no Mais Educação! (Macimina Baracho)



Sobre direção do professor Melque, os alunos terão a oportunidade de vivenciar e atuar no Programa Mais Educação na Escola Municipal Luiz Moreira da Silva em Alto do Rodrigues-RN na peça teatral: "O Pequeno Príncipe" do autor francês, Antoine de Saint-Exupéry. A peça devolve a cada um o mistério da infância. De repente retornam os sonhos. Reaparece a lembrança de questionamentos, desvelam-se incoerências acomodadas, quase já imperceptíveis na pressa do dia-a-dia. Voltam ao coração escondidas recordações. O reencontro, o homem-menino. Pela mão do pequeno príncipe, recupera a meninice abrindo uma brecha no tempo, volta a sentir o perfume de uma estrela , a ouvir a voz de uma flor, a ver o brilho de uma fonte, escutar os guizos das folhas batidas pelo vento. Quebra-se por momentos a crosta que generaliza o outro em todos e torna as coisas comuns e iguais para se descobrir os carneiros dentro das caixas, os elefantes dentro das serpentes. Uma peça inesquecivél para todas as idades.                                 (Macimina Baracho)

sábado, 21 de março de 2015

Respeitável público: a Escola EDUC apresenta o fabuloso mundo do circo!!! (Macimina Baracho)


Trabalhar no circo é também morar no circo. Viajar com o circo é levar a "vida de circo". No circo é comum um artista ter muitas funções e saber fazer de tudo um pouco. A Tv, o rádio, o cinema, a internet e as redes sociais apareceram como novas formas de lazer e entretenimento afastando as pessoas do circo, mas o amor pela arte faz com que a "fantasia" presentes nos espetáculos seja passada de geração para geração. No circo a arte é pretérita de pai para filho. Na Escola Educandário Jesus Menino em Alto do Rodrigues-RN o circo é vinvenciado pelos alunos através das aulas e atividades circenses ministradas pela professora graduada em Educação Física, Antúzia de Medeiro Oliveira. A magia dos picadeiros contagia os pequenos pela proficiência e autonomia do saber fazer de uma profissional nota dez. Parabéns Tia Antúzia. (Macimina Baracho)





sexta-feira, 13 de março de 2015

Capoeira, Uma Arte Que Vem Colhendo Bons Frutos em Alto do Rodrigues-RN (Macimina Baracho)



A Capoeira um esporte que disciplina os alunos, que desafia a gravidade, que traz benefícios ao corpo por meio dos alongamentos, aquecimentos e movimentos. A Capoeira, dança que através do seu gingado mostra a leveza de quem consegue pintar uma aquarela no ar, pois só quem ver essa grandiosa obra são os mais sábios, ou seja os praticantes desde os pequenos iniciantes aos maiores experientes mestres. Capoeira que liberta, aquela que faz o fraco ser forte e o forte ser sensível para reconhecer que nem sempre a força consegue vencer o frágil que luta sem maldade, sem raiva, pois luta sempre com sorriso no rosto.



A Capoeira que é luta, que consegue derrubar barreiras com golpes certeiros, refinados como uma “feijoada” que faz das proteínas do feijão e das sobras da “criação” um alimento completo que faz de escravos negros um símbolo de libertação. Se muitos não praticam capoeira por discriminação por ter sido criada pelos negros africanos que foram trazidos como mercadorias para o Brasil e por causa das músicas e rituais. A Capoeira praticada no Programa Mais Educação em Alto do Rodrigues-RN, na Escola Luiz Moreira da Silva é uma Arte flexível que ensina aos alunos, o respeito pelo próximo, disciplina e não discute religião. Se você é evangélico ou católico praticante e não aceita ou não deixa os seus filhos praticarem a capoeira por causa das músicas relacionadas aos rituais africanos.



Procure saber melhor sobre as aulas da capoeira no Programa Mais Educação. Converse com o Professor Jucier de Pendências-RN “Monitor Besouro”. Quem disse que para praticar a capoeira o aluno é obrigado aderir todos os costumes. As músicas nem sempre louvam ou dizem palavras mal intencionadas. Se alguns evangélicos e católicos não aceitam os filhos praticando capoeira, nós respeitamos a sua decisão, mas só como reflexão: “na capoeira não existe discriminação porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu filho Jesus para morrer na cruz, por cada um de nós, ou seja, quem é capaz e competente para dizer que a prática da capoeira é pecado.

Macimina Baracho


Arquivo Confidencial com o Professor e Escritor Endrison dos Santos

    O professor e agora de fato escritor foi surpreendido com um arquivo confidencial pelas amigas e familiares! O escritor comentou ao noss...