quinta-feira, 31 de maio de 2018

Colégio Arca de Noé realiza com sucesso a II Feira de Experiências com o tema: TERRA.


O blog A Brisa do Vale, esteve ontem, 30 de maio no Colégio Arca de Noé que é referência na Educação do município de Alto do Rodrigues por sua filosofia de trabalho com Amor. O blog conferiu de perto a II Feira de Experiências com o tema: TERRA.


As feiras de experiências contribuem para inserir e despertar nos alunos o interesse pelas Ciências, possibilitando que investiguem sobre os problemas locais, regionais e estaduais, enfim, permitem que ampliem os seus conhecimentos sobre determinado assunto por meio da pesquisa.


Os stands com todas as experiências funcionaram nos dois turnos:


Turno Matutino das 8:00h as 10:00h

Maternal

• Areia cinética

Nível I

• Pinturas com terra

Nível II

• Areia colorida (artesanato)

Nível III

• Utensílios de barro

6º ano

• Como medir o PH do solo;
• Serpente do faraó e
• Permeabilidade do solo.








 Turno Vespertino das 15:00h as 17:00h 

1º ano
• Areia colorida

2º ano
• Areia da lua e
• Transformando terra em tintas.

3º ano
• Vulcão (origem da terra) e
• Placas tectônicas.

4º ano
• Formigueiro;
• Ampulheta;
• Erosão do solo;
• A presença do ar no solo e
• Vasos e panelas de barro.

5º ano
• Vulcão (utilidades para a agricultura)

6º ano
• Como medir o PH do solo;
• Serpente do faraó e
• Permeabilidade do solo.








domingo, 27 de maio de 2018

Vamos ao mercadinho da Tia Michelly?


O 2º ano "B" da Professora Michelly trabalhou o sistema monetário brasileiro a partir das práticas do cotidiano. A professora ofereceu aos seus alunos diferentes recursos, como materiais manipuláveis, que possibilitou valorizar novas estratégias descobertas por eles. Ela também criou oportunidades para que eles explicassem os seus raciocínios e compartilhassem entre si os caminhos percorridos. "Não dá para ficar só na lousa-caderno, caderno-lousa".


O mercadinho foi aberto na sala de aula expondo os produtos escolhidos com a devida organização, separando materiais de limpeza de produtos perecíveis, colocando produtos semelhantes próximos e produtos com maior interesse de venda em posições mais favoráveis para isso e etc.


A professora Michelly separou a sala em dois grupos: consumidores e vendedores. Os alunos tiveram liberdade para comprar e de gastar mais ou menos do que a meta que lhes foi sugerida. Ao final da aula lúdica, os pequenos aprenderam brincando.



sexta-feira, 25 de maio de 2018

Greve dos caminhoneiros: Temer convoca Exército para desbloquear rodovias. 


A greve dos caminhoneiros continua e o presidente Michel Temer convocou as Forças Federais (que contemplam as Forças Armadas, a Polícia Federal, a Polícia Rodoviária e a Força Nacional) para desbloquear as rodovias fechadas por protestos a partir desta sexta-feira.

A paralisação dos motoristas de caminhões contra a alta do preço do diesel completou cinco dias, apesar do acordo anunciado pelo Governo.


As consequências da greve vão desde hospitais com falta de medicamentos; supermercados desabastecidos; postos de combustíveis sem etanol, gasolina e diesel; voos cancelados; entre outros.


"OS PEQUENINOS DA ARTE" da E.M. Luiz Moreira da Silva foram selecionados para participarem do XIII FESTUERN 2018


A Pró-Reitoria de Extensão da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (PROEX/UERN), através da Diretoria de Educação, Cultura e Artes, publica resultado da seleção de escolas para participar com espetáculos no XIII Festival de Teatro da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (FESTUERN).


Neste ano, o Festival tem como tema: “A Arte do Conviver”. A ideia é possibilitar a discussão sobre a necessidade dos cidadãos serem mais tolerantes e a importância de conviver com as diferenças.
                                Por Adriana Morais

A relação das escolas selecionadas:





domingo, 20 de maio de 2018

Lista completa dos convocados para o JERNS 2018 Regional de Macau-RN


Parabéns mamãe e papai! O seu filho foi relacionado pelo diretor Endrison dos Santos, para representar a Escola Municipal Luiz Moreira da Silva, no "JERNs 2018", na maior Competição Escolar do Rio Grande do Norte. O seu filho foi selecionado entre os 20 atletas convocados durante a seletiva nos dois últimos sábados, (12/05 e 19/05) na quadra próxima da escola. Os selecionados foram os destaques durante a seletiva. A partir de agora eles terão treinamento sobre os fundamentos do futsal e do futebol. Eles aprenderam os conhecimentos técnicos e táticos na modalidade de MIRIM (10 A 12 anos). Nesta semana faremos a primeira reunião. Avisaremos as crianças na escola e aqui no grupo do Whatsapp "Moreirinha 2018".


JERNS


Os Jogos Escolares do Rio Grande do Norte (Jerns), considerado o maior do gênero no país, em 2018 será realizada a sua 48ª edição com as regionais sediadas nas principais cidades do Estado.


As competições acontecem nas categorias mirim (10 a 12 anos), infantil (13 a 15 anos) e juvenil (16 a 18 anos). Este ano as modalidades disputadas são badmington, futsal, futebol de areia e society, handebol de quadra e de areia, volei de areia e quadra, tênis de mesa, judô, caráter, xadrez, ciclismo, basquete, jiu-jitsu, luta olímpica e atletismo.


Os campeões em cada modalidade por categoria e naipe, se classificam para a fase final dos Jerns que será disputada em Natal.


Os jogos serão realizados nas regionais de Umarizal, Pau dos Ferros, Apodi, Caicó, Assu, São Paulo do Potengi, Nova Cruz, Mossoró, Santa Cruz, Currais Novos e Macau. Serão inscritos um total de mais de 20.000 atletas de 635 escolas de todo RN entre estaduais, municipais, particulares e federais. Os Jerns são promovidos e realizados pela Coordenadoria de Desportos da Secretaria da Educação do RN.



sábado, 19 de maio de 2018

Resgatando a diversão de antigamente


Antigamente as crianças não tinham tantos brinquedos como as de hoje e, por isso, tinham que usar mais a criatividade para criá-los.


Usavam tocos de madeira, pedrinhas e palitos para fazer os seus brinquedos, além de brincadeiras como amarelinha, bolinha de gude, bola de sabão, elástico, pula-corda, bambolê, jogo da velha, cinco marias dentre várias outras e, assim, se divertiram por décadas e décadas.


As professoras Andreia e Verônica, juntamente com as cuidadoras Alessandra e Vaninha trouxeram para aula de Educação Física, jogos e brincadeiras do tempo de seus pais e de seus avós, aproveitando para se distraírem com seus alunos, ensinando-os outras formas de diversão e as possibilidades de se criar jogos e brincadeiras. O mais importante disso? Ensiná-los que para brincar não precisamos gastar e nem de tanta tecnologia.


Foi trabalhado em sala de aula o livro "Brincadeira de criança" de Iêda Rocha e logo depois foi listadas as brincadeiras atuais dos alunos, incluindo as tecnologias, em seguida, foi feito uma atividade de pesquisa onde eles tinham que entrevistar a mãe ou o pai para saber quais eram as suas brincadeiras antigamente, assim sendo, foi feita a comparação entre as brincadeiras de hoje e de "ontem" com isso, as professoras e alunos resgataram as brincadeiras de antigamente.


Assim, apresentamos aqui alguns jogos e brincadeiras antigas trabalhados pelas professoras dos 5º anos "A e B" matutino da Escola Municipal Luiz Moreira da Silva.


Cinco Marias: essa brincadeira constitui em, primeiramente, procurar cinco pedrinhas que tenham tamanho aproximado ou confeccionar saquinhos e recheá-los com arroz ou areia. Primeira rodada: jogue todas as pedrinhas no chão e tire uma delas (normalmente se tira a pedrinha que está mais próxima de outra). Depois, com a mesma mão, jogue-a para o alto e pegue uma das que ficaram no chão. Faça a mesma coisa até pegar todas as pedrinhas. Segunda rodada: jogue as cinco pedrinhas no chão, depois tire uma e jogue-a para o alto, porém, desta vez, pegue duas pedrinhas de uma vez, mais a que foi jogada para o alto. Repita. Terceira rodada: cinco pedrinhas no chão, tira-se uma e joga-se para o alto pegando desta vez três pedrinhas e depois a que foi jogada. Última rodada: joga-se a pedrinha para o alto e pega-se todas as que ficaram no chão.


Amarelinha: risca-se a amarelinha no chão, de 1 a 10, fazendo no último número um arco para representar o céu. Pula-se com um pé só, dentro de cada quadrado.


Pula corda: duas pessoas batem a corda e outra pula. Durante a execução da brincadeira os batedores vão cantando “um dia um homem bateu na minha porta e disse assim: senhora, senhora, põe a mão no chão; senhora, senhora, pule de um pé só; senhora, senhora, dê uma rodadinha e vá pro meio da rua”. Ao final, o pulador deve sair da corda sem errar.


Bolinha de gude: essa brincadeira tem várias formas de se jogar, como triângulo e jogo do papão, onde os participantes devem percorrer determinados caminhos, batendo uma bolinha na outra e, ao final, acertar as caçapas.



sexta-feira, 18 de maio de 2018

Viviana: a Rainha do Pijama na Escola Municipal Luiz Moreira da Silva


Viviana a rainha do pijama, uma menina que tinha um lindo pijama, porém tinha muitas dúvidas e ficava a pensar “Que pijama os animais usam quando vão dormir?” Então, para descobrir ela resolveu fazer uma festa do pijama convidando todos os animais da floresta e esses deveriam usar seus pijamas, pois o pijama mais animal ganharia um prêmio. E o vencedor do concurso do pijama foi a própria Viviana, pois o pijama dela reunia características de todos os animais da floresta.



A literatura é um suporte pedagógico de muitas possibilidades e claro, lúdicas o maior tempo possível! Participar de práticas reais de leitura e escrita e de situações que convidam a criança a pensar, festejar e avaliar, é um sinal valioso para a missão de um educador.


E foi com o livro Viviana a rainha do pijama que a professora do 3º ano "A" Patrícia Regina e a cuidadora Janicleide se propuseram a trazer para a sala de aula a diversidade que o livro apresenta. Mais que apenas uma história, ela faz refletir sobre temas atuais como integração, amizade, coragem, otimismo, e a força de vontade para alcançar o sucesso.


O principal objetivo do plano de aula foi os alunos reconhecerem a diferença entre os gêneros textuais: carta, bilhete e convite. E na manhã de hoje, 18 de maio, a professora Patrícia Regina realizou a festa do pijama com direito a café da manhã promovido pelos próprios alunos e também a escolha da rainha e o rei do pijama.


Como professora e amiga dos seus alunos, a professora Patrícia viveu intensamente junto com seus pequenos um momento que certamente não irá retornar, mas que ficará na lembrança de todos. A educadora é muito dedicada e realmente ama o que faz.